Pele eletrônica torna você invisível ao radar

08 mar 2016
by 3euel

Engenheiros da Universidade do Estado de Iowa, nos EUA, desenvolveram uma “meta-pele artificial” que utiliza a tecnologia dos metamateriais e dos metais líquidos para capturar as ondas de radar e camuflar objetos, impedindo que eles sejam detectados.

pele

Esticando essa meta-pele flexível, é possível ajustá-la para reduzir a reflexão de uma vasta gama de frequências de radar.

A meta-pele deve seu nome aos metamateriais, estruturas artificiais projetadas para apresentarem propriedades não encontradas na natureza e que podem manipular os mais diversos tipos de ondas. Seu produto mais conhecido são os mantos de invisibilidade.

“Portanto, esta tecnologia de meta-pele é diferente das tecnologias tradicionais de camuflagem, que normalmente só reduzem o retroespalhamento, isto é, a potência refletida de volta a um radar de sondagem,” escreveram Siming Yang e seus colegas.

Pele antirradar

O metamaterial flexível é formado por fileiras de anéis ressonadores incorporados dentro de folhas de silicone. Os ressonadores elétricos são preenchidos com galinstano, uma liga de metal que é líquida a temperatura ambiente e menos tóxica do que outros metais líquidos, como o mercúrio.

Cada anel tem um raio exterior de 2,5 milímetros e uma espessura de meio milímetro. Eles são postos nas folhas de silicone a um intervalo de 1 milímetro, essencialmente criando um painel de “fios líquidos”.

Os anéis funcionam como bobinas, e as lacunas entre eles funcionam como capacitores. Juntos, eles criam um ressonador que pode capturar e suprimir as ondas de radar em uma determinada frequência. Mas basta esticá-los para alterar suas propriedades elétricas, o que altera a frequência das ondas que eles capturam e suprimem.

Controle de frequências

Quando um objeto é revestido com a meta-pele, as ondas de radar são inibidas em todas as direções incidentes e ângulos de observação. Os testes mostraram uma supressão das ondas de radar de 75% no intervalo de frequências de 8 a 10 gigahertz.

“Acredita-se que esta tecnologia de meta-pele vai encontrar muitas aplicações no controle, camuflagem e espalhamento de frequências eletromagnéticas,” concluem os pesquisadores.

Leave a Comment:

* - required fields

3E-UEL © 2018