Sua Indústria tem uma conta de luz muito alta? Saiba a solução.

Sua Indústria tem uma conta de luz muito alta? Saiba a solução.

29 de julho de 2020 3E-UEL 0

Grande parte das pessoas pagam a conta de luz sem analisar o que foi cobrado na fatura de energia elétrica por parte da concessionária. E muitas vezes, sem notar, a indústria ou comércio arca com uma multa (muito comum no ramo de atuação) que pode corresponder em até 30% da conta no final do mês.

Como uma forma de medir um bom uso de energia elétrica, sem desperdícios, as concessionárias de energia utilizam de um parâmetro chamado fator de potência. O fator de potência relaciona a energia ativa com a energia reativa, ou seja, a energia que efetivamente está sendo utilizada e a energia que está se perdendo e sendo desperdiçada.

Portanto, este índice de fator de potência pode variar de 0 a 1, sendo 1 o valor em que toda energia disponível é aproveitada. Por exemplo, valores altos de fator de potência (próximos de 1) indicam que a indústria ou comércio está usando pouca energia reativa em relação à energia ativa, demonstrando um uso consciente da energia. Em contrapartida, valores baixos de fator potência indicam que há excesso de energia reativa, e portanto, uma parcela significativa de energia está sendo perdida.

Mas quanto abaixo? E por que isto é importante para minha empresa?

Por meio da Resolução 456 da ANEEL, determinou-se que clientes industriais tenham um fator de potência de, no mínimo, 0,92 (92%). E portanto, empresas que tenham o fator de potência abaixo de 0,92 são cobradas multas na conta de luz pelo desperdício de energia.

Mas como eu identifico que minha empresa está pagando esta multa?

Desde que sua modalidade de tarifação seja do Grupo A, a cobrança de multas pode ser observada na fatura de energia de sua concessionária. Observe um exemplo real abaixo de um dos nossos clientes no qual fora resolvido.

Como pode observar, a multa vem em forma de “ENERGIA REAT EXC PONTA E F PONTA” correspondem a energia reativa excedida em horário de ponta e fora ponta.

Estou pagando esta multa, como minha indústria pode solucionar este problema?

A solução é corrigir o fator de potência da indústria ou comércio a fim de mantê-lo acima do limite (0,92), e assim, não ser cobrado multas. Para isso, é instalado um banco de capacitores que são acoplados na rede da empresa e que promovem, em tempo real, a correção do fator de potência.


Se sua empresa estiver pagando multas, entre em contato com a 3E-UEL e faça um orçamento gratuito para obter um projeto de correção de fator de potência e se livrar das multas mensais.

Em geral, em três a cinco meses, já é possível ter o retorno do investimento com a redução na conta de energia.

Quer saber mais sobre multas que incidem sobre a conta de luz e nem percebemos?
Confira a matéria: https://site.3euel.com.br/noticias/correcao-de-demanda-contratada