Tarifa Social: como pagar menos na fatura de energia

Tarifa Social: como pagar menos na fatura de energia

22 de outubro de 2020 3E-UEL 0

A pandemia trouxe dificuldades financeiras para muitas famílias, ficou ainda mais evidente que economizar é importante, o cenário não é favorável para gastos desnecessários e, por isso, decidimos falar sobre um benefício que poderá fazer você economizar na fatura.

Esse benefício é uma lei, criada em 2002, que visa auxiliar as famílias de baixa renda, diminuindo o valor da sua conta de luz. Tal auxílio é a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), onde as famílias que se enquadram no perfil “ Subclasse Residencial Baixa Renda” recebem descontos na sua tarifa. 

Essa isenção acontece de acordo com o consumo mensal de energia da unidade consumidora, sendo: 

Quem pode se cadastrar?

  1. Famílias inscritas no Cadastro Único para programas sociais do governo, atualizado há menos de 2 anos, tendo renda familiar per capta menor ou igual a meio salário mínimo.
  2. Portadores de doença ou patologia, onde o tratamento demanda uso contínuo de aparelhos elétricos, e que se enquadram no perfil acima, podendo ter renda familiar de até 3 salários mínimos.
  3. Pessoas que recebem o “ Amparo Social ao Idoso ou Amparo Social à Pessoa com Deficiência”

Como me cadastro? 

Em primeiro lugar, verifique se você se enquadra em algum dos perfis acima, depois, para solicitar o benefício é necessário que um membro da família procure a concessionária da sua região, tendo em mãos:

  • Cópia do RG e do CPF; 
  • Número de Identificação Social (NIS);
  • Formulário – Usuário de Equipamentos Eletromédicos, caso se enquadre no 2° perfil;
  • Número do Benefício, caso se enquadre no 3° perfil.

Para ter mais informações, ligue para a concessionária local ou para a ANEEL no telefone 167.

Como saber se estou recebendo a Tarifa Social?

Para conferir se você está recebendo o benefício, basta olhar na sua fatura na parte “Informações Técnicas”, onde estará escrito, caso você esteja recebendo o benefício, “RESIDE/RESIDENCIAL BAIXA RENDA”. E não se esqueça, é importante a atualização do Cadastro Único a cada 2 anos para não perder este auxílio.

Caso houver o cancelamento deste benefício, verifique se você ainda se enquadra nos perfis ou se seu Cadastro Único está atualizado. Se você atende esses requisitos, ligue para a concessionária local para saber o motivo do desligamento.

Para descobrir outras formas de economizar na fatura no final do mês, veja nossa publicação com dicas de economia energética, e também acompanhe nossos futuros posts no site.